Bolha imobiliária? Ou tempo certo para comprar?

Bolha imobiliária? Ou é este o tempo certo para comprar casa?

Existe o perigo de uma bolha imobiliária em Portugal com a subida em flecha dos preços das casas? Ou ainda estamos no tempo certo para comprar? Estas são algumas das questões que pairam no ar do mercado imobiliário. Quando os preços desceram a pique durante a crise foi sem dúvida o tempo ideal para investir mas será que mudou tanto desde essa altura?

A Empiricus Research Portugal acaba de divulgar um relatório sobre este tema: Estamos outra vez numa Bolha ou é Hora de Comprar um Imóvel?

Renato Breia, analista-chefe de investimentos da Empiricus Research, revela no estudo que apesar do aumento dos preços dos imóveis nas áreas urbanas, as rendas obtidas continuam a justificar o valor do m2. Nesse sentido, acredita que o investimento imobiliário ainda apresenta boas oportunidades em Portugal e, portanto, entre Uma bolha ou Hora de Comprar, fica com a segunda opção.

O relatório explica porque comprar um imóvel é sempre um bom investimento e traça um retrato ao pormenor do mercado, desde a compra à rentabilidade, seja para usufruto ou para colocar no mercado de arrendamento.

Os estudo revela que a recuperação do valor das casas tem incentivado um número cada vez maior de investidores a comprar propriedades na esperança que estas valorizem. são vários os factores que têm originado estes aumentos de preços das casas, nomeadamente a procura elevada pelos centros das cidades, nomeadamente de Lisboa e também o Porto, sobretudo no âmbito dos programas dos  Vistos gold, e da criação de um paraíso fiscal para reformados europeus via regime fiscal para residente não-habitual, bem como o boom turístico português e o crédito habitação em mínimos históricos.

Contudo, o relatório aponta para o facto de que esta euforia à compra de casa não é generalizada e por isso, fora das zonas urbanas, a apreciação dos imóveis decorreu em linha com a ténue recuperação economia portuguesa.

Renato Breia, aconselha mesmo: “Entendemos que é essencial que encare o investimento imobiliário com os olhos bem abertos, identificando as vantagens e as desvantagens potenciais.

Terá de ser selectivo em relação a localização para de áreas muito precificadas, rigoroso nos cálculos sobre o retorno potencial e criterioso na selecção da forma de pagamento (financiamento ou capital próprio). Se conseguir um financiamento que não comprometa o seu orçamento, e que a taxa de juros contratada seja menor que o retorno do investimento, já estará no bom caminho”.

 

Fonte: http://maisguimaraes.pt/imobiliaria-compra-certa-e-solidaria/

 

Partilhar isto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *